Base de Conhecimento de Gestão Comercial de Saneamento

A maior base de documentação de GSAN do mercado.

Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


casos_de_uso:checklist



Artefato: Caso de Uso (Use Case) - Pontos de Verificação:
S/NCada caso de uso concreto está envolvido com pelo menos um ator?
Se não estiver, há algo errado; um caso de uso que não interage com um ator é supérfluo e deve ser removido.
S/NCada caso de uso é independente dos demais?
Se dois casos de uso forem sempre ativados na mesma seqüência, provavelmente você terá de transformá-los em um único caso de uso.
S/NPara um caso de uso incluído: ele faz suposições sobre os casos de uso que o incluem?
Essas suposições devem ser evitadas para que o caso de uso incluído não seja afetado por mudanças feitas nos casos de uso incluídos.
S/NHá casos de uso com comportamentos ou fluxos de eventos muito parecidos?
Se houver, e se você desejar que os comportamentos sejam parecidos no futuro, transforme-os em um único caso de uso. Esse procedimento facilita a introdução de mudanças futuras. Observação: você deve envolver os usuários se optar por mesclar casos de uso, pois é provável que os usuários que interagem com o novo caso de uso mesclado sejam afetados.
S/NParte do fluxo de eventos já foi modelada como outro caso de uso?
Se afirmativo, o novo caso de uso pode utilizar o antigo.
S/NAlguma parte do fluxo de eventos já faz parte de outro caso de uso?
Se fizer, você deverá extrair esse subfluxo e fazer com que ele seja utilizado pelos casos de uso em questão. Observação: você deve envolver os usuários se optar por “reutilizar” o subfluxo, pois é provável que os usuários do caso de uso existente sejam afetados.
S/NO fluxo de eventos de um caso de uso deve ser inserido no fluxo de eventos de outro?
Se afirmativo, modele-o com um relacionamento de extensão com o outro caso de uso.
S/NOs casos de uso têm nomes exclusivos, intuitivos e explicativos de forma que não sejam confundidos em um estágio posterior?
Se não, altere seus nomes.
S/NOs clientes e usuários entendem da mesma forma os nomes e as descrições dos casos de uso?
O nome de cada caso de uso deve descrever o comportamento aceito pelo caso de uso.
S/NO caso de uso atende a todos os requisitos que obviamente determinam seu desempenho?
Inclua nos Requisitos Especiais do caso de uso quaisquer requisitos (não-funcionais) a serem considerados nos modelos de objeto.
S/NA seqüência de comunicação entre o ator e o caso de uso atende às expectativas do usuário?
S/NEstá claro como e quando o fluxo de eventos do caso de uso inicia e termina?
S/NDeve haver um comportamento que seja ativado somente quando uma condição específica não for atendida. Há uma descrição do que irá acontecer se uma determinada condição não for atendida?
S/NExistem casos de uso extremamente complexos?
Se você deseja que seu modelo de casos de uso seja facilmente entendido, talvez precise dividir os casos de uso complexos.
S/NAlgum caso de uso contém fluxos de eventos discrepantes?
Se afirmativo, é recomendável dividi-lo em dois ou mais casos de uso separados. Um caso de uso que contém fluxos de eventos discrepantes será muito difícil de ser entendido e mantido.
S/NO subfluxo de um caso de uso foi modelado com precisão?
S/NEstá claro quem deseja executar um caso de uso? A finalidade do caso de uso está igualmente clara?
S/NAs interações de atores e as informações trocadas são claras?
S/NA breve descrição oferece uma visão real do caso de uso?
casos_de_uso/checklist.txt · Última modificação: 31/08/2017 01:11 (edição externa)